Páginas

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Pirelli vende suas atividades na Venezuela

Pneus da marca Pirelli na primeira sessão de treinos livres para o último GP da Itália de Fórmula 1, em 31 de agosto no circuito de Monza.

O grupo de pneus Pirelli vendeu sua fábrica e todas suas atividades na Venezuela - anunciou a empresa em um comunicado.

A operação foi levada adiante após a desconsolidação contábil da filial venezuelana, que aconteceu no final de 2015.

Presente no país há 28 anos, a Pirelli disse que esta venda não teria efeitos financeiros para o grupo.

O acordo, que prevê manter os empregos, foi concluído com uma aliança de empresários sul-americanos e a empresa Sommers International.

Mergulhada em uma gravíssima crise econômica, a Venezuela viu, nos últimos meses, um êxodo em massa de sua população, em particular para Colômbia, Brasil e Peru.

O êxodo disparou em um contexto de hiperinflação e escassez de todo tipo de bens básicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário