Páginas

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Empresário britânico doa 1 milhão de libras para referendo sobre Brexit

Fundado em 2003, o Superdry tem 515 lojas em 46 países, segundo o site da marca que cota na Bolsa de Londres.

O empresário britânico Julian Dunkerton, cofundador da marca de roupas Superdry, anunciou no dia 19 de agosto que apoia financeiramente a organização People's Vote, que milita pela realização de um novo referendo sobre o Brexit.

A doação chega a 1 milhão de libras (1,11 milhão de euros), anunciou a People's Vote no Twitter.

"Dou um pouco do meu dinheiro para a campanha da People's Vote, porque sei que temos uma verdadeira oportunidade de mudar o curso das coisas", explicou Julian Dunkerton em artigo no site do "Sunday Times".

"As pessoas se dão conta, cada vez mais, de que o Brexit vai ser um desastre", acrescentou.

Fundado em 2003, Superdry tem 515 lojas em 46 países, segundo a página on-line da marca que cota na Bolsa de Londres.

A ideia de um novo referendo sobre o resultado final das negociações do Brexit ganha terreno no Reino Unido, dois anos depois do referendo de 23 de junho de 2016 favorável a uma retirada da União Europeia (UE).

Essa possibilidade foi claramente rejeitada pelo governo da primeira-ministra Theresa May, que trava difíceis negociações com Bruxelas sobre o Brexit.

Nenhum comentário:

Postar um comentário