Páginas

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Veja cinco tendências para melhorar a experiência do consumidor no e-commerce

Utilizar novas tecnologias é uma estratégia viável para os gestores que querem se destacar no e-commerce.

O e-commerce brasileiro continua em constante ascensão . No ano passado, o setor faturou R$ 53,4 bilhões, avançando 11% se comparado a 2015. Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a estimativa é que neste ano o segmento permaneça crescente, faturando R$ 59,9 bilhões.

Diante da boa fase do e-commerce , confira cinco tendências que podem potencializar ainda mais o bom desempenho do setor:

1- Inteligência artificial

Softwares e plataformas de inteligência artificial (AI) têm sido cada vez mais utilizados para otimizar processos sem deixar a qualidade de lado. Um exemplo disso é a Konduto, empresa que monitora a navegação e a compra de usuários em lojas virtuais ou aplicativos mobile. A startup calcula a probabilidade de fraude em transições online e faz análises de risco, levantando informações como geolocalização, dados cadastrais, características do aparelho onde a compra foi feita, gerenciamento de regras condicionais e revisão manual.

2- Trabalho sob demanda

Uma opção para aqueles que pretendem ingressar nesse segmento é usar o On Demand Commerce da Vesteer. Similar ao drop shopping, o comércio eletrônico sob demanda permite que os consumidores façam vendas exclusivas mesmo sem ter o produto no estoque. O diferencial desse mecanismo é vender produtos criados pela própria pessoa, evitando problemas com fornecedor, logística, baixa qualidade dos produtos e perdas financeiras.


3- Novas tecnologias

Utilizar novas tecnologias é uma estratégia viável para os gestores que desejam potencializar seus negócios no mercado eletrônico. A televisão digital conta com diferentes recursos que permitem uma maior interação, sendo o T-Commerce um deles. Com a união dos mercados de entretenimento e digital, a ferramenta foi implantada no Brasil pela Cinemall, possibilitando a aquisição de produtos vistos na televisão ou no conteúdo de streaming. A tecnologia está disponível na versão web em mobile e desktop da Rede Brasil de Televisão (RBTV), para OTT, web app e Smart TV's.

4- Omnichannel

Proporcionar uma boa experiência nos canais de relacionamento das empresas é fundamental, uma vez que o consumidor está cada vez mais exigente. Com isso, a startup de alimentação Liv Up, por meio de parcerias com pequenos produtores, personalizou o atendimento do cliente, adequando o horário de entrega à disponibilidade do consumidor e oferecendo suporte em tempo real.

5- Aplicativos

Trabalhar os aplicativos de forma criativa é um desafio a ser enfrentado para melhorar a experiência do consumidor no e-commerce. Pensando nisso, a plataforma Supermercado Now lançou um aplicativo a fim de aperfeiçoar o relacionamento com o cliente, oferecendo serviços de compra de acordo com a localização juntamente do acompanhamento do status do pedido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário