Páginas

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Twitter permite venda de cerveja em sua plataforma; entenda

Budweiser passa a vender cerveja pelo Twitter. Produtos serão entregues pela loja virtual Empório da Cerveja.

Nada mais cômodo do que pedir para entregar cerveja em casa, não é mesmo? E essa é a novidade promovida pela Budweiser em parceria com o Twitter. A partir de agora os consumidores da marca poderão solicitar o produto diretamente pela plataforma social e receber em casa.

Como a intenção da marca é se aproximar de seu público consumidor, para comprar a cerveja pelo Twitter , o cliente deve iniciar uma conversa com o perfil @Budweiser_Br no ambiente privado das Mensagens Diretas (DMs). A partir dessa interação, é possível fazer encomendas para receber em casa packs e kits de Budweiser entregues pelo Empório da Cerveja, loja online especializada em bebidas.

“Budweiser é a uma cerveja muito autêntica e que sempre inovou, desde o começo de sua história. Essa novidade permite, ainda mais, que o consumidor de Bud esteja próximo da marca”, comentou em nota a gerente de marketing de Budweiser, Karina Ferreira.


Como comprar

A ação só pode ser colocada em prática por meio do Twitter Business Solutions (TBS), plataforma desenvolvida pela rede social que tem como intuito facilitar a comunicação entre marcas e consumidores. A rede social informou que o processo de compra na plataforma é intuitivo e segue os passos de uma compra online : o cliente seleciona o produto, informa dados de entrega, a forma de pagamento pela mensagem direta.

Após a conclusão do pedido, que está disponível para cidade de São Paulo, o consumidor pode receber a cerveja no dia seguinte ou optar pelo recebimento em cinco dias uteis. Para outras localidades, o perfil da marca indicará na conversa um link para que o consumidor conclua a compra pelo site do Empório da Cerveja.

"O projeto desenvolvido para a Budweiser foi pensado para que o consumidor possa ter uma experiência completa dentro da plataforma, sem a necessidade de sair da rede social ou de ter que utilizar outros aplicativos para adquirir sua cerveja”, enfatizou Daniel Carvalho, diretor de desenvolvimento de negócios do Twitter para América Latina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário