Páginas

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Desemprego atinge mais os negros em São Paulo, afirma Dieese

Desemprego para a população negra fica acima da média em São Paulo.

O aumento do desemprego causado pela recessão econômica tem um impacto maior para as mulheres negras, de acordo com um estudo realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e divulgado no dia 17 de novembro.

Segundo o estudo, em 2015, a taxa de desemprego para a população negra na Região Metropolitana de São Paulo foi de 14,9% ante 12,0% dos não negros.

Quando a estatística engloba apenas as mulheres negras, porém, a diferença é ainda maior. A taxa de desemprego subiu para 16,3% contra 12,8% das mulheres não negras.

Para o Dieese, a população negra se mantém “sobrerrepresentada entre os desempregados em todas as regiões pesquisadas”, mas afirma que essa desigualdade é “mais acentuada em regiões metropolitanas de Porto Alegre e São Paulo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário