Páginas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

S&P rebaixa nota de crédito da Vale

A S&P também revisou a perspectiva do rating brAAA em escala nacional da companhia de estável para negativa.

A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou os ratings em escala global da Vale de BBB para BBB-, incluindo os ratings de crédito corporativo e os ratings dos bônus emitidos por meio da Vale Canada, da Vale Overseas e da PT Vale Indonesia. A perspectiva dos ratings permanece negativa, o que deixa aberto o caminho para novo rebaixamento.

A nova nota ainda está no território investment grade, dada a empresas consideradas mais seguras para os investidores. A S&P também revisou a perspectiva do rating brAAA em escala nacional da companhia de estável para negativa.

"O rebaixamento reflete o enfraquecimento das condições nos mercados de minério de ferro, que deverão persistir até 2018. Nós também incorporamos esse cenário na recente revisão dos preços do minério", afirmou a agência em nota.

Segundo a S&P, os baixos preços do minério de ferro estão pressionando a Vale a se desfazer de ativos não-essenciais a um ritmo mais rápido para financiar o déficit de fluxo de caixa gerado por seu significativo plano de expansão de capital.

"De acordo com nosso cenário atualizado, mesmo se a Vale completar as vendas desses ativos, o que nós consideramos viável, sua dívida líquida em relação ao Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) se enfraquecerá em direção a seis vezes até o fim de 2016 e provavelmente se recuperará para entre 4 vezes e 4,5 vezes apenas no fim de 2017", diz a agência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário