Páginas

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Em decisão inesperada, presidente da Victoria's Secret renuncia ao cargo

As modelos Candice Swanepoel, Behati Prinsloo, Lily Aldridge e Alessandra Ambrosio em desfile da Victoria's Secret, em 2015.

Sharen Jester Turney, que por mais de uma década foi um dos nomes mais importantes da icônica marca de lingerie Victoria's Secret - e desde 2006, sua principal executiva -, apresentou sua renúncia. A informação foi divulgada em comunicado pela L Brands, empresa que controla a marca.

Sharen chegou à empresa em 2000 para presidir a Victoria's Secret Direct, braço da marca responsável por seu catálogo de produtos. Seis anos depois, ela passou à presidência da marca-mãe.

De acordo com o comunicado, Sharen tomou a decisão para se dedicar à família e a seus assuntos particulares. "Depois de dezesseis anos e um quarto trimestre histórico na Victoria's Secret, eu decidi priorizar minha família e minha vida pessoal", disse a executiva no comunicado.

A Victoria's Secret, mais forte que nunca após os anos sob o comando de Turney, detém mais de 60% do mercado de lingerie dos Estados Unidos. Com o anúncio, as ações da L Brands fecharam em baixa de 2,2% no dia 12 de fevereiro.
Sharen Jester Turney.

Nenhum comentário:

Postar um comentário